Little Girl Blue

O azul é a melancolia de dentro de nossa alma. Ela nos leva além em um mundo totalmente azul, azul de desespero. Um azul claro melancólico outro mais profundo como a solidão deve ser. Eu sei que nesse mundo das cores de despedidas me levam em um barco branco de paz por dentro do mar azul escuro de solidão. Eu tenho tentado remar para um mar cristalino, onde consigo ver o reflexo de meu rosto perdido em sonhos que não existem. Tenho tentando acordar em um amanhecer quente e laranja como deve ser. O sol amarelo esquentando um pedaço de minha alma fria, paralisada de um instante infinito. Está na hora de ver o dia nascer novamente em meu rosto distante. E apreciar o florescer de minha vida se desabrochando para o amor que tem andado comigo. Sim baby, eu sou uma explosão ambulante. Explodo dentro de mim mesma e quando percebo os pedaços estão espalhados ao meu redor com um infinito quebra cabeça. Eu tenho visto o meu mundo azul se enfurecer como um vulcão. Criando uma cor alaranjada no reflexo do ceu. E eu sei como me sinto quando explodo de dentro para fora. Despedaçada em mínimos detalhes sou arremessada em seus braços confortáveis. É cruel me jogar assim, desmoronando em cima de ti. Mas eu sei que meu mundo azul tem estado feliz melancolicamente de lhe ter dentro dele.
– Flávia M. (Vomite-me)

Mais de Flávia M: http://vomite.me/tag/flavia-m/